terça-feira, 29 de março de 2016

Α

Há.
Algo é.
Existe.

não Outro
o Eu sou
em mim
em nós
através

Uma rocha
que é rio
quimera intangível
 grandioso


Gratidão.
Eterna gratidão.

O maior ensinamento é que não cabe-me ser pretenser, emular, autolapidar.
De nós, basta receber. A fonte é inesgotável e digníssima, impalpavelmente mais.
- maior que sugere possibilidade de comparação.
e a maior possibilidade de excelência expressiva que nós, imagem e semelhança, poderíamos gabar...

Ai de mim!

Perdoe minha pretensão pois,
Queima urgência de declamar, gritar ao mundo.
Morto já sou. Sejas através de mim.
Faça-me o que quiseres de mim

Lindo és, pois estás acima de tudo e dá amor e dás liberdade que sana e que leva à tua benignidade

Julgue-me, abençoe-me. Rendo. Entrego.
Tú és, sempre foi e será

Visões se tornam claras
Coração do espírito puro
Poderosíssimo Eloim
Aba, Altíssimo

Suplico-lhe. Não mais direi Dê-me.
Perdão.

Faça-me
Eis me aqui

Ω

Nenhum comentário:

Postar um comentário